Logística

Guia sobre a importância da gestão logística [2022]

Aprenda o que é gestão logística, por que a logística empresarial é importante, quais são os KPIs de logística e como melhorar o atendimento ao cliente.

O que é gestão logística?

Para falar sobre o que é gestão logística, precisamos compreender primeiro o que é a própria logística em si. Entre outros significados, você pode encontrar no dicionário Houaiss que esta é  “administração e organização dos pormenores de qualquer operação.” 

Na prática, o objetivo da logística, hoje em dia, é planejar e coordenar tarefas e atividades para que a movimentação de matérias-primas, de prestadores de serviços e de mercadorias de uma operação tenha a melhor qualidade, com menor custo possível. 

Como elemento de integração dentro da cadeia de suprimentos, ela é um elo importante que une quem está oferecendo ou ofertando um produto ou serviço e aqueles que irão recebê-los.  

Por isso, os gerentes, gestores ou líderes logísticos nas organizações, responsabilizam-se por esse processo, bem como supervisionam e controlam as diversas complexidades envolvidas em mantê-lo funcionando em cada uma de suas etapas.

logística
Imagem: Freepik

Quando se fala logística de transporte, para que haja uma operação bem-sucedida, é necessário que sejam considerados vários aspectos que precisam funcionar bem. Entre eles estão as rotas a serem determinadas com base na conveniência entre a empresa e o cliente, a atenção às questões regulatórias, bem como a prevenção e solução de obstáculos que vão desde o estado de conservação das rodovias até condições climáticas adversas.

Além disso, é preciso escolher bem o provedor de transporte, ter um excelente time de condutores e dar uma atenção especial à forma como os produtos são embalados e acomodados no veículo, verificar se o volume da carga e o impacto no peso total são adequados, entre outros detalhes relacionados à qualidade e segurança da viagem. De modo que a logística lida com questões práticas e de ordem imediata a cada movimentação que um determinado produto, material ou prestador de serviço realiza. 

Mas os desafios da logística não param por aí, ao mesmo tempo em que é o instrumento para facilitar e aprimorar os processos de coleta e entrega no presente, a logística precisa estar em constante transformação para lidar com as crescentes necessidades que existem no mundo ao seu redor, sempre inovando e buscando soluções para atender um mundo mais tecnológico, exigente e preocupado com questões de sustentabilidade. 

Para lidar com demandas tão complexas, felizmente, há o software de gerenciamento de logística que ajuda as empresas a tomarem melhores decisões ao realizar sua roteirização e remessas, reduzindo custos, protegendo investimentos e rastreando a movimentação de mercadorias.

No caso de sistemas de gerenciamento de logística inteligentes, como acontece com o software Drivin, é possível  automatizar processos de logística e logística reversa, bem como escolher transportadoras com base na experiência prévia, imprimir etiquetas de remessa, inserir transações no sistema, registrar e assinar recibos de forma digital. 

Além disso, conta com funcionalidades que ajudam a controlar melhor o monitoramento de remessas e estoque.

Importância da logística

Definitivamente, não importa o quão bom é um produto se ele não chegar ao cliente no lugar e na hora certos. É por isso que a logística é tão essencial para o sucesso do negócio. Atender à demanda do cliente é o pilar central da cadeia de suprimentos e uma das funções gerais da logística.

Mas isso não é tudo. Indo um pouco mais fundo, perceberemos que a logística é importante para o funcionamento diário de tantos processos de negócios essenciais. Os pontos-chave a seguir ajudarão você a entender a importância da logística nas organizações.

Eficiência

Importância da logística

As equipes de logística fazem uso de dados, colhidos em tempo real, para informar e, dessa forma, otimizar a eficiência da cadeia de suprimentos.

Acontece que ao rastrear o movimento de mercadorias, os obstáculos podem ser identificados para evitar mais interrupções.

Cadeia de Suprimentos

Importância da logística

Sem logística, as cadeias de suprimentos cairiam no caos. A logística garante que a mercadoria chegue no lugar certo na hora certa e agiliza cada etapa do processo. 

Entrega

Importância da logística

Com a evolução do mercado para o contexto atual, as expectativas de prazo de entrega estão cada vez mais curtas. A logística é essencial para manter as redes de distribuição e transporte ágeis e seguras para atender a demanda dos clientes.

Qualidade

Importância da logística

Uma boa logística implementa estratégias confiáveis ​​que melhoram o atendimento ao cliente. Isso significa acelerar os prazos de entrega ou cortar custos, construindo relacionamentos sólidos com os fornecedores.

Dessa forma, a importância da logística está voltada para a movimentação de mercadorias, mas seus efeitos vão muito além disso. 

No mundo dos negócios, o sucesso na logística se traduz em maior eficiência, menores custos, maiores taxas de produção, melhor controle de estoque, uso mais inteligente do espaço do armazém, maior satisfação de clientes e fornecedores e, finalmente, uma melhor experiência para todos os envolvidos no processo.

Cada um dos fatores citados acima pode influenciar significativamente no sucesso da gestão logística de uma empresa. Mas lembre-se de que a logística também se estende ao gerenciamento de devoluções (logística reversa). 

O que é logística empresarial?

A importância da logística empresarial e de gestão refere-se ao conjunto completo de processos envolvidos na movimentação de produtos, seja de um fornecedor para uma empresa ou de uma empresa para um cliente.

Assim, o conceito de logística empresarial trata da gestão dos processos logísticos como um sistema unificado. Por exemplo, os varejistas que enviam com sucesso produtos diretamente aos clientes de milhares de fornecedores menores têm práticas avançadas de logística empresarial.

Assim, ter um sistema de gestão logística apoia este esforço e inclui a gestão do transporte, seja durante a entrada ou entrada na  saída de mercadorias, a gestão de armazéns, a gestão de frotas, o processamento de encomendas, o controle de estoques, bem como a previsão correta de abastecimento e a procura. Por fim, há ainda a gestão logística de prestadores de serviços terceirizados.

Quais são as funções da logística nas empresas?

Como mencionamos anteriormente, um dos papéis de uma logística empresarial é transportar as encomendas até os clientes, concluindo as transações comerciais. Às vezes, as mercadorias são transferidas para um fabricante que se fará cargo da distribuição e, outras são levadas a um cliente por vez.

Independentemente dos detalhes, o papel da logística é cumprir um processo na prática e, por isso,  consiste em uma das etapas mais vivas do negócio.  E onde não há movimentação de bens ou serviços, não há como haver  transações ou lucros.

Confira 6 pilares de um processo logístico eficaz:

1. Fornecimento de materiais

O papel da logística nas empresas

O fornecimento de materiais envolve mais do que encontrar o provedor de menor custo para uma matéria-prima usada na fabricação de um determinado produto. Neste ponto, também é preciso encontrar a melhor solução logística, que inclui o cálculo e o gerenciamento de fatores e custos contribuintes, como atrasos de pedidos pendentes, classificações de prioridade dos concorrentes, custos de serviço adicionais, etc.

2. Transporte

O papel da logística nas empresas

Em sua raiz, a logística está ligada ao  ato de transportar fisicamente mercadorias de um determinado ponto A a um ponto B. Para que isso aconteça da melhor maneira, primeiramente uma empresa deve selecionar o melhor meio de transporte e transportadora com base no custo, velocidade e distância a ser percorrida.

Nesta etapa, a gestão dos gerentes de logística é muito importante, já que eles precisam documentar e acompanhar os embarques, gerenciar o faturamento e relatar o desempenho daquela operação.

3. Armazenamento

O papel da logística nas empresas

Tanto o armazenamento de curto quanto o de longo prazo são partes importantes do planejamento logístico. Além disso, os sistemas de gestão de estoque também permitem o planejamento logístico.

Por exemplo, os responsáveis pelo planejamento de uma operação devem levar em consideração a disponibilidade de espaço no armazém ou hub logístico caso haja requerimentos especiais ou sazonais.

4. Previsão de demanda

O papel da logística nas empresas

A logística depende muito da previsão de demanda de estoque para garantir que uma empresa nunca fique sem produtos ou materiais em períodos de alta demanda ou deixar que faltem itens essenciais.  Por outro lado, precisa garantir que não invista capital desnecessariamente  em produtos estocados que tenham menor saída. 

5. Gerenciamento de estoque

O papel da logística nas empresas

Ao ter clareza sobre seu inventário e usar técnicas de gerenciamento de estoque para planejar com antecedência o aumento da demanda de produtos, as empresas podem manter os lucros mais altos e movimentar o estoque mais rapidamente.

Portanto, uma boa gestão de estoque em logística permite que a empresa decida enviar produtos que apresentam baixo desempenho de uma loja para outra; em vez de ter uma perda por meio de preços com desconto para se livrar do estoque. A logística é a chave para direcionar o estoque para onde é provável obter o melhor valor com aqueles produtos naquela ocasião.

6. Gestão da cadeia de suprimentos

O papel da logística nas empresas

A logística é um elo importante na cadeia de suprimentos, pois facilita o transporte de mercadorias dos fornecedores para os fabricantes e depois para os vendedores ou distribuidores e, finalmente, para os compradores.

Benefícios e alcance da logística e transporte

Como você bem sabe, a movimentação de produtos é o que impulsiona o fluxo de caixa.  Neste sentido, é lógico que gerenciar esse transporte (gestão logística) seja uma preocupação relevante para o negócio. De fato, a gestão logística afeta os resultados de uma empresa para melhor ou para pior. É melhor não deixar esse “destino” ao acaso.

Por isso, apresentamos os 4 principais benefícios de uma gestão logística eficaz:

1. Visibilidade

Benefícios e escopo da logística

A gestão logística oferece maior visibilidade à cadeia de suprimentos. Isso permite que as empresas controlem melhor os custos, descubram eficiências, identifiquem problemas ao longo da cadeia, realizem planejamento de demanda e obtenham insights sobre oportunidades de melhora

2. Gestos gerais reduzidos

Benefícios e escopo da logística

Um ponto importante do gerenciamento de uma operação logística é que ele permite que as empresas diminuam as despesas gerais em áreas que vão desde custos de envio até a redução da quantidade de espaço de armazenamento de que precisam, controlando proativamente os níveis de estoque.

3. Melhor experiência do cliente

Benefícios e escopo da logística

Uma ótima experiência do cliente é o fator determinante por trás das vendas. Ao entregar pedidos com precisão e rapidez, você transforma o ponto de vista do cliente, o que, por sua vez, aumenta a fidelidade à marca e as vendas futuras.

4. Prevenção de perdas

Benefícios e escopo da logística

A gestão logística ajuda a prevenir perdas de diferentes maneiras. Uma é por meio da realização da contabilidade de estoque, para que a empresa saiba exatamente quanto de produtos tem disponível a qualquer momento. As empresas também podem rastrear o movimento e a localização atuais para que o estoque delas não seja extraviado ou desviado sem aviso prévio.

Quais são os principais KPIs em logística?

As empresas usam KPIs (Key Performance Indicator) de logística para identificar quais etapas dentro de um determinado fluxo de mercadorias, que precisam ser aprimoradas. Por isso, a importância desses indicadores de performance de logística varia bastante de acordo com o setor. 

Comece determinando a posição do negócio em um setor específico e escolha os KPIs que sejam representativos. Em seguida, divida os KPIs por etapas dentro da cadeia de suprimentos. Escolha alguns desses  indicadores em cada estágio que apontem para a posição da organização no setor e o potencial de melhoria.

Lista de KPIs em logística:

      • Ao organizar os KPIs de logística por etapa, elas  podem se sobrepor um pouco; mas as atividades e os KPIs não. As métricas e indicadores logísticos são diferentes e revelam o desempenho do negócio em cada área.
      • KPIs de Gestão de Pedidos – Foco no processamento de pedidos e devoluções, que são cruciais para a logística reversa. Essas métricas começam quando os clientes fazem um pedido.
      • KPIs de fornecimento: são métricas que se concentram em quão bem os produtos finais se movem pela cadeia de suprimentos. Use essas medidas para ajudar a melhorar a eficiência das operações e expandir os negócios.
      • KPIs de estoque: Eles podem ajudar a medir a eficácia dos processos de compra e produção de estoque e também podem se concentrar no fluxo de caixa e na produtividade.
      • KPIs de distribuição: concentram-se no sistema que gerencia o fluxo de produtos.
      • KPIs de gerenciamento de transporte: Governam o transporte rodoviário de carga e podem ajudar a melhorar as operações.

Como o atendimento ao clientes se relaciona com a logística?

logística
Imagem: Freepik

Encontrar uma definição tangível de atendimento ao cliente em logística pode ser uma tarefa difícil. No entanto, quando falamos de atendimento e logística, nos referimos a um grupo de pessoas qualificadas que serão a imagem do negócio diante do cliente na entrega dos produtos.

Essa abordagem de parceria logística fornece a capacidade de se comunicar de forma eficiente e trabalhar em direção a um objetivo comum que é  concluir as entregas com sucesso.

Como resultado, um transportador, pessoa qualificada para entregar um produto, tem como objetivo prestar um excelente atendimento ao cliente e para isso deve:

    • Agir com transparência tanto com a empresa como com o cliente.
    • Fornecer atualizações de status oportunas durante a viagem.
    • Comunicar-se regularmente.
    • Responder rapidamente a perguntas e solicitações.
    • Cumprir os compromissos acordados.
    • Ser direto e honesto.
    • Enxergar as metas de transporte como próprias.
    • Oferecer soluções proativas quando surgirem problemas.
    • Identificar oportunidades de melhoria contínua por meio do uso de tecnologia e análise de dados.

Logística e cadeia de suprimentos

Qual é a relação entre a logística e a cadeia de suprimentos? A logística dentro do gerenciamento da cadeia de suprimentos está mudando constantemente para atender às demandas dos consumidores que refletem os costumes do seu tempo e as transformações da sociedade.

Por exemplo, atualmente, os consumidores costumam encomendar produtos usando seus smartphones e esperam receber as compras dentro de 24 a 48 horas. Portanto, para atender a essas expectativas, as empresas devem melhorar sua logística de cadeia de suprimentos para acelerar o atendimento de pedidos e enviar produtos rapidamente por meio dos meios mais confiáveis, econômicos e adequado

Quando as empresas criam um plano que delineia a logística da cadeia de suprimentos, cada um de seus componentes deve permanecer focado em reduzir custos e se mover com rapidez e eficiência, resultando em maior satisfação do cliente.

A logística ajuda as empresas a entenderem as principais métricas, processos centrais e objetivos de longo prazo da cadeia de suprimentos para que possam obter o produto certo, no lugar correto, na hora mais apropriada.

Colaboração com este conteúdo: Alejandra Mujica. 

 logistica

Content Specialist