Funcionalidades

Sistema de gestão de e-commerce: o que acontece depois do clique?

Por Alvaro Loyola, Country Manager da Drivin Brasil 

Você já pensou nas soluções que fazem tudo acontecer “nos bastidores” de quando alguém realiza uma compra em um e-commerce? Neste artigo você conhecerá alguns dos sistemas mais utilizados no comércio eletrônico, entender como o fluxo de informações está interligado com o processo de compra.

Ao longo dos anos, a logística passou por grandes transformações até chegar ao que hoje conhecemos como e-logística ou logística eletrônica, que incorpora o uso de uma ferramenta fundamental como a Internet.

O fortalecimento de plataformaa de e-commerce e marketplaces refletiram diretamente na cadeia de suprimentos e em como as organizações realizam o gerenciamento de estoque e dinamizam seus centros de distribuição. 

Essa transformação levou à implementação de diversos softwares modernos que vieram para organizar a geração de pedidos, o controle de estoque, o transporte e o atendimento ao cliente.

Esse ecossistema é chamado por alguns de stack tecnológico, que é o conjunto de tecnologias que realizam a gestão do ciclo de pedidos de um e-commerce e garantem a melhor experiência do cliente de ponta a ponta.

e-commerce

Sistemas de gerenciamento de e-commerce:

Confira alguns dos sistemas que interagem entre si toda vez que você faz uma compra on-line:

1) Custo de Aquisição de Clientes (CAC): Tudo começa quando uma pessoa clica para comprar um produto na internet. Este canal processa o pagamento e o cliente escolhe a forma de entrega. Com esse sistema é possível contabilizar todos os custos e valores investidos relacionados à captação de um cliente e pode ser usado tanto em uma loja on-line quanto em um marketplace.  

2) Fluxo de gestão de pedidos (OMS): é um sistema capaz de rastrear toda a informação sobre os pedidos em todas as suas etapas, dando a visibilidade dos dados que possam ser interessantes. Esse software possui interconexão com os integradores e gerenciadores de processos como o Warehouse Managment System (WMS) e o Software de gestão empresarial (ERP), o que permite saber como está o estoque em relação à quantidade de pedidos e trabalhar de forma integrada bem como gerenciar dados em vários níveis da operação. 

3) Software de gestão empresarial (ERP): é um sistema formado por vários módulos integrados que apresenta diversas funcionalidades de gestão (compras, folha de pagamento, estoque, faturamento, contabilidade, etc.). Todo ciclo do pedido, geralmente, ocorre neste sistema.

4) Gestão do centro de distribuição (WMS): este sistema garante a conferência de receção, a análise das diferenças relativas à fatura recebida, armazenamento ou posições de paletes, controles de lotes, além de validar o checkout e o manifesto de expedição. Eles geralmente trabalham com coletores em cada uma das fases de picking (coleta de itens), embalagem e separação.

5) Sistema de Gestão de Transporte (TMS): é responsável pela gestão e planejamento do transporte e garante o monitoramento, visibilidade do pedido, confirmação de entrega ao cliente final e confirmações. Existem também gateways de frete que oferecem serviços de cotação, contratação e conciliação.

6) O software de relacionamento com o cliente (CRM) armazena todos os dados dos compradores de seu e-commerce para melhorar a comunicação com eles, entender o seu comportamento e construir sua relação com a marca. Esse tipo de solução também colabora com o cálculo do LTV (valor vitalício de um cliente dentro de uma empresa) e com o Cohort (análise que mede o comportamento dos clientes).

Esse fluxo eficiente de informação e tecnologia nos processos de um e-commerce, são essenciais para que as empresas alcancem maior eficiência, produtividade, economia, tempo e minimizem erros no processo. 

Com todo esse fluxo orquestrado é possível garantir que as informações estejam disponíveis e organizadas, fazendo com que os pedidos cheguem corretamente e no tempo certo na casa do cliente, tornando sua experiência melhor e mais completa. 

Drivin

Drivin é um TMS SaaS modular que se ajusta às necessidades logísticas de seus clientes. Somos especialistas em planejamento de rotas, rastreabilidade de embarques e monitoramento de frotas de transporte. Ajudamos a  rentabilizar a operação logística dos nossos clientes e a melhorar o nível de serviço que oferecem.

 

Alvaro é Engenheiro Comercial. Atualmente atua como o Head da Drivin no Brasil, empresa que oferece uma solução logística SaaS, que permite fazer um planejamento logístico inteligente para empresas com operações de entrega de produtos, impactando diretamente na melhoria no nível de serviço entregue aos clientes e redução dos custos com transporte.